New Orleans, 12 (AE-AP) - Um modelo avançado de aparelho de ressonância magnética está proporcionando uma visão mais clara do cérebro, revelando derrames que não são detectados em 75% dos casos pelas máquinas antigas.
O scanner pode localizar pontos no interior do cérebro onde o tecido está morrendo por falta de oxigênio durante as primeiras horas após um derrame.
As novas máquinas foram um dos principais tópicos de discussão em um encontro da Associação Americana contra Derrames. O novo scanner proporciona um melhor diagnóstico e tratamento mais preciso para vítimas de derrame,segundos os médicos.