|
  • Bitcoin 151.337
  • Dólar 5,0617
  • Euro 5,2630
Londrina

FEMINICÍDIO

m de leitura Atualizado em 05/04/2022, 17:01

Mulher é assassinada enquanto almoçava dentro de igreja em Londrina

Ex-companheiro é suspeito do crime, que aconteceu na tarde desta terça-feira; vítima já havia registrado boletim de ocorrência por ameaça

PUBLICAÇÃO
terça-feira, 05 de abril de 2022

Rafael Machado e Bruno Souza - Grupo Folha
AUTOR autor do artigo

Foto: Rafael Machado - Grupo Folha
menu flutuante

Uma mulher, identificada como Ligia Fernandes Silva, foi morta por um homem dentro da Paróquia São Luiz Gonzaga, na tarde desta terça-feira (5), na zona leste de Londrina. A vítima prestava serviços à igreja quando, segundo testemunhas, foi surpreendida enquanto almoçava dentro do refeitório. O homem, segundo a perícia, disparou cinco vezes contra ela, atingindo um dos disparos na cabeça.

De acordo com o tenente-coronel Nelson Villa, comandante do 5º Batalhão da PM (Polícia Militar), o principal suspeito é o ex-marido da mulher, que já tem passagem pela polícia por homicídio qualificado. A vítima também já havia registrado boletim de ocorrência contra o suspeito por ameaça e violência doméstica. "Ele tinha um propósito específico, que era o de executar a ex-companheira", explicou. 

O vigário paroquial Cleverton Antônio Marques, um dos administradores do local, contou como ocorreu a situação. "Ela estava almoçando e esse rapaz entrou na cozinha onde ela estava e a matou. As informações que eu tenho é de que seria o ex-marido", disse. "Ela estava cobrindo férias por 20 dias. Era uma funcionária exemplar, muito boa. Uma pessoa maravilhosa. Não tinha como fazer ideia de que ela tinha esta condição no relacionamento", completou o religioso.

Imagem ilustrativa da imagem Mulher é assassinada enquanto almoçava dentro de igreja em Londrina Imagem ilustrativa da imagem Mulher é assassinada enquanto almoçava dentro de igreja em Londrina
|  Foto: Rafael Machado - Grupo Folha
 

Segundo a denúncia recebida pela PM, após praticar o crime, o suspeito, que estava de camiseta vermelha, boné vermelho e calça jeans, pulou o muro e correu pela rua João Pereira da Silva Junior, deixando o local em um veículo de cor branca. A polícia acredita que a ação tenha sido premeditada, já que o suspeito parecia saber da rotina e dos locais que a vítima estaria.

A Polícia Civil informou somente que "está investigando o caso e realizando diligências para encontrar o autor. No momento, detalhes e entrevistas não serão concedidas para não atrapalhar o andamento das investigações".

Também em nota, a Arquidiocese de Londrina disse "lamentar com profundo pesar o falecimento de Ligia Fernandes Silva, ocorrido nesta tarde na Paróquia São Luiz Gonzaga, zona leste de Londrina. Informamos que estamos colaborando com as autoridades e com as investigações. Nos solidarizamos com a família da vítima e pedimos a Deus que os abençoe e conforte".

Receba nossas notícias direto no seu celular! Envie também suas fotos para a seção 'A cidade fala'. Adicione o WhatsApp da FOLHA por meio do número (43) 99869-0068 ou pelo link wa.me/message/6WMTNSJARGMLL1