MS libera mais 4 produtos O Ministério da Saúde liberou ontem a produção e o comércio de mais quatro remédios genéricos. As novas drogas são dexametasona (antiinflamatório), besilato de anlodipino (anti-hipertensivo), aminofilina (broncodilatador), e o antiulceroso cloridrato de cimetidina. Os dois últimos são de uso exclusivo de hospitais. Agora, os genéricos liberados para fabricação no País são 17. - A entrada no mercado dos genéricos – remédios semelhantes aos de marca, porém, mais baratos por dispensarem gastos com pesquisas e marketing –, poderá reduzir os preços de alguns medicamentos em até 55%, avaliam técnicos do governo. Os genéricos foram criados com base na Lei 9.787 e são denominados pelo princípio ativo. Na categoria dos antibióticos, o consumidor pode substituir o Keflex (um remédio de marca) pela forma genérica cefalexina. Entre os genéricos autorizados ontem está o anti-hipertensivo besilato de anlodipino, que chegará ao mercado em abril por preço 55% menor que o medicamento de referência.