haviam pago o salário. Como vem acontecendo nos últimos meses, motoristas e cobradores estão ameaçando fazer greve, caso o dinheiro não saia.Por Marcus Lopes São Paulo, 6 (AE) - Em reunião, ontem (5) à tarde, na sede do sindicato da categoria, motoristas e cobradores de ônibus de São Paulo decidiram esticar até amanhã (7) o prazo para que as empresas efetuem o pagamento dos salários dos empregados referente ao mês de dezembro. Eles deveriam ter recebido ontem, mas, até a noite, apenas 9, das 54 empresas de ônibus da capital