São Paulo, 02 (AE) - A volta do litoral para São Paulo teve congestionamentos e assaltos, hoje. O maior problema ocorreu na Rodovia Pedro Taques, que liga a Baixada ao litoral sul. Além de congestionamentos de até 20 quilômetros, os motoristas tiveram de enfrentar uma espécie de "arrastão do asfalto". De bicicleta, os assaltantes abordam os motoristas parados no trânsito. Segundo a Polícia Rodoviária Estadual, foram vários os casos hoje.
Houve uma tentativa de se pegar os assaltantes, frustrada por causa da extensão do problema. O policial que estava de plantão no atendimento classificou os assaltos de "pequenos roubos" e informou que a situação é difícil de controlar. "A cada hora o pessoal está num lugar", disse.
Mortes - Houve um acidente na altura do km 26 da Rodovia dos Imigrantes. Duas pessoas morreram. Três pessoas ficaram gravemente feridas, segundo a Polícia Rodoviária Estadual. A Ecovias, que administra o Sistema Anchieta-Imigrantes, informou que o acidente - um capotamento de veículo - ocorreu em uma alça de acesso à rodovia, na altura de São Bernardo do Campo e que não houve congestionamento em decorrência do acidente.
A lentidão no sistema ficou por conta da interdição da pista sul, em dezembro, por causa de fissura no asfalto. Segundo a Ecovias, foram 10 quilômetros de congestionamento na Imigrantes, utilizada para a subida. O motorista que utilizou essa rodovia levou cerca de 2 horas e meia para chegar à capital de acordo com a empresa. Pior situação enfrentou quem utilizou a Rodovia Piaçaguera-Guarujá, que somou a esses 10 quilômetros uma lentidão idêntica. O congestionamento já era previsto pela Ecovias, por causa da volta do feriado, e foi agravado pela chuva.
No caso da Pedro Taques, o tempo de deslocamento até a capital chegou a 4 horas. O congestionamento chegou a ultrapassar o trecho de concessão da Ecovias, atingindo o trecho administrado pelo Departamento de Estradas de Rodagem (DER).