Motorista circula por ruas de cidade de SC com som de sirene de Auschwitz


CURITIBA, PR (FOLHAPRESS) - A polícia civil de Santa Catarina identificou um motorista que circulou pelas ruas de Orleans, extremo sul do estado, tocando a sirene que era usada em Auschwitz, campo de concentração nazista na Polônia, no som do carro com o porta-malas aberto.

A ação ocorreu por volta de 1h da madrugada de terça-feira (24) e foi flagrada por moradores das ruas centrais da cidade de cerca de 30.000 habitantes.



À polícia, o jovem de 19 anos, morador da cidade, disse que se tratava de uma brincadeira. Ele foi ouvido e liberado.

"Mesmo com a alegação, não o isenta da prática de crimes", afirmou o delegado Ricardo Kelleter.

Após a conclusão do inquérito policial, ele pode ter que responder por apologia ao nazismo, que possui pena de dois a cinco anos de prisão.

Além disso, ele infringiu medida sanitária, por não seguir a recomendação de quarentena instituída pelo governo do estado, e também perturbou o sossego dos moradores, pois a ação ocorreu de madrugada. Ele chegou a circular com o som alto próximo a um hospital da cidade.



Em janeiro, foi celebrado os 75 anos de liberação de Auschwitz, maior campo de concentração construído pelo regime nazista, em funcionamento entre 1940 e 1945. O local se tornou um símbolo da luta para evitar novos genocídios, já que foi onde mais de 1 milhão de pessoas foram mortas e centenas de milhares foram condenadas a trabalhos forçados.

Como você avalia o conteúdo que acabou ler?

Pouco satisfeito
Satisfeito
Muito satisfeito

Continue lendo


Últimas notícias