Missão no Pantanal: primeiros soldados de Londrina chegam em MS


Vitor Struck - Grupo Folha
Vitor Struck - Grupo Folha

A tragédia ambiental que vem sendo registrada no Pantanal de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul está mobilizando soldados do Corpo de Bombeiros e servidores da Defesa Civil até mesmo de outros estados. De Londrina e Maringá, equipes do Corpo de Bombeiros também foram deslocadas para colaborarem com o combate aos incêndios que já destruíram cerca de 15% do bioma pantaneiro e deixaram 2,2 milhões de hectares danificados. 


Missão no Pantanal: primeiros soldados de Londrina chegam em MS
Corpo de Bombeiros
 


Enquanto 26 soldados partiram de Londrina em viaturas no início da tarde desta terça-feira (15), uma equipe com cinco soldados sobrevoou o Paraná em uma aeronave do Governo do Estado e já está em Campo Grande (MS), onde deve se reunir com a Defesa Civil local para traçar as estratégias da Missão no Pantanal. Já na manhã desta quarta-feira, todos devem partir em direção a Corumbá (MS), cidade que está encoberta pela fumaça e registra clima seco e altas temperaturas. 



Missão no Pantanal: primeiros soldados de Londrina chegam em MS
Corpo de Bombeiros
 


ATUAÇÃO – Inicialmente, explicou o tenente-coronel Ezequias de Paula Natal, comandante da missão Pantanal, os representantes do Corpo de Bombeiros do Paraná ficarão na região por 15 dias. Mas, segundo ele, o prazo pode ser prorrogado de acordo com necessidade da atividade. “Tudo vai depender do desenvolvimento da operação”, afirmou.


Leia mais: Bombeiros do Paraná vão ajudar no combate a incêndio no Pantanal 




O comandante lembrou que a ação vai além da preservação do meio ambiente. “É uma questão de saúde também. Diminuir os focos de incêndio significa menos quantidade de fumaça no ar, com reflexo imediato na respiração das pessoas”, comentou Natal.

Como você avalia o conteúdo que acabou ler?

Pouco satisfeito
Satisfeito
Muito satisfeito

Tudo sobre:

Últimas notícias

Continue lendo