Belo Horizonte, 22 (AE) - O governo de Minas Gerais quer garantir pelo menos R$ 30 milhões do Orçamento da União para o socorro dos municípios castigados pelas enchentes que recentemente atingiram o sul do Estado. O relator-geral do Orçamento da União, o deputado federal Carlos Nery (PFL), acompanhado do secretário de Obras de Minas Gerais, Maurício Guedes, e do diretor geral do Departamento de Estradas de Rodagem de Minas (DER-MG), Antonio Bortoletti percorreram hoje as sete cidades mais atingidas no Estado. "Nós solicitamos o envio de uma verba emergencial", disse Maurício Guedes.
O secretário calcula que os prejuízos causados pelas chuvas nas estradas do sul do Estado chegem a R$ 70 milhões, sendo R$ 10 milhões para pagar os prejuízos causados nas rodovias federais, R$ 29 milhões para rodovias federais delegadas a Minas, R$ 21 milhões para rodovias estaduais e R$ 10 milhões para pagar o asfalto fornecido pela Petrobrás. "Queremos o máximo de recursos possíveis por parte do governo federal, algo em torno de R$ 30 milhões no mínimo", completou Guedes.