Miami, 03 (AE-AP) - A Guarda Costeira dos Estados Unidos está levando de volta mais de 400 possíveis imigrantes ao Haiti em meio a protestos de ativistas da comunidade e do prefeito de Miami.
Quatrocentos e sete dos 411 migrantes que chegaram em um barco no dia do Ano Novo foram levados de volta ao Haiti no início da manhã de hoje a bordo dos veleiros Valiant e Resolute, informou o tenente da Guarda Costeira Carl Messalle.
A viagem de cerca de 950 quilômetros dura em média dois dias.
Dos 411 passageiros, 16 são dominicanos, dois são chineses e o restante é composto por haitianos, segundo funcionários da Guarda Costeira.
Quatro mulheres haitianas, três delas grávidas, foram mantidas em território norte-americano por questões médicas e foram internadas em hospitais de Miami para tratamento.