São Paulo, 09 (AE) - O microempresário Luidi Rubino, de 34 anos, foi preso por porte ilegal de armas no final da noite de hoje (08), na Avenida Brigadeiro Faria Lima, região dos Jardins, em São Paulo. Com ele, policiais das Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar (Rota) apreenderam uma pistola 7.65 de milímetros, outra de calibre 380, um revólver 22 e uma caneta revólver também calibre 22, com capacidade para um único tiro, dentro do carro dele, um Fiat Tempra verde.
Foram encontrados ainda um par de algemas, um giroflex e uma funcional falsa da Polícia Civil com a foto dele, além de R$ 520 mil em cheques e duplicatas. No momento da abordagem, Stéfano Alves Cecarini, de 30 anos, que dirigia uma Pick Ranger, parou e tentou convencer os policiais a relaxar a prisão do amigo dele, mas foi preso também. Os dois foram autuados por porte ilegal de armas, e Rubino, por usurpação de função pública
no 15.º Distrito Policial (DP), Itaim Bibi. Eles pagaram 200 reais de fiança cada um e foram libertados pelo delegado Flávio Delgado Melo.
Outra ocorrência de prisão por porte ilegal de armas aconteceu no começo da madrugada de hoje, na região oeste da cidade. Um homem, ainda não- identificado, foi preso com sete armas, sendo uma pistola importada Glock, uma submetralhadora, dois revólveres calibre 38, um calibre 22, e duas pistolas 380 mm, na Avenida Leão Machado, 125, Parque Continental. Após pagar fiança, o desconhecido foi solto.