São Paulo, 03 (AE) - O Grupo Pão de Açúcar está vendendo espaço publicitário nas 270 lojas da rede, incluindo Extra e Barateiro. O projeto, que está sendo chamado de Supermídia, quer aproveitar a circulação mensal de 50 milhões de pessoas nos estabelecimentos, que geram cerca de 21 milhões de tíquetes nas caixas registradoras. A Promoway, agência criada pela Grottera.com para a comercialização dos espaços, trabalhou durante dois anos no novo sistema de merchandising, que destinará metade do faturamento para projetos sociais.
Fontes do mercado estimam que a receita anual gerada pelo Supermídia seja o equivalente às despesas totais de marketing de uma grande empresa que ali vende seus produtos, ou seja, de R$ 3 a R$ 4 milhões.
Já aderiram anunciantes de peso como a Gessy Lever (com Omo, Confort e Lux) e Johnson & Johnson (Sundown, cotonetes e absorventes higiênicos). O contrato prevê a exposição das marcas no ponto-de-venda por meio de placas nos carrinhos de compras e nas caixas térmicas, ao custo de R$ 65,00 ao mês, sinalizadores nos estacionamentos (R$ 50,00), terminais de gôndolas, que são uma espécie de ampliação do corredor onde podem ser feitas degustações (R$ 1,5 mil) e extensores de gôndola, que aumentam o espaço frontal de exposição dos produtos (R$ 200,00). Há também teasers para freezers (R$ 100,00), separadores de compras, que serão utilizados na esteira dos caixas (R$ 25,00) e adesivos de piso (R$ 160,00).
A nova mídia promete alavancar as vendas reduzindo custos, considerando-se que o Brasil possui o mais alto índice de decisão de compra no ponto-de-venda, 85%, segundo pesquisa do Popai Research International. Nos Estados Unidos, por exemplo, essa taxa é de 72%. Ainda segundo o estudo, ir ao supermercado é considerado por aqui um programa familiar, no qual seis em cada dez compradores levam o cônjuge ou os filhos. Na Holanda, apenas dois em cada dez consumidores vão às compras acompanhados. Os brasileiros também são campeões no quesito permanência dentro do supermercado: 77 minutos, o triplo dos holandeses.