Salvador, 15 (AE)- O garoto argentino Farid Assad, 7 anos, morreu ao receber uma descarga elétrica quando brincava na piscina do Eco Resort Praia do Forte, no município baiano de Mata de São João, na Região Metropolitana de Salvador.
Os pais da vítima disseram à polícia que o menino tocou em um fio descoberto, ligado à instalação de um refletor colocado nas proximidades da piscina. O acidente aconteceu por volta das 16h de ontem (14), quando Farid se apoiou na borda da piscina para sair da água e, ao tomar impulso, sofreu a eletroplessão. As tentativas de reanimar o garoto foram em vão.
A polícia baiana abriu inquérito para apurar o caso, mas a direção do hotel se negou a falar sobre o acidente. A família Assad escolheu o litoral baiano para passar o verão e estava hospedada no Eco Praia do Forte desde o final da semana passada. O corpo do pequeno Farid foi submetido à necrópsia e, posteriormente, embalsamado para ser trasladado a Argentina, onde o sepultamento acontece na segunda-feira.
Apesar de o preço das diárias variar entre R$ 411,00 e R$ 674,00, o Praia do Forte Resort é um dos hotéis mais frequentados na alta estação e está lotado desde a última semana de dezembro, antes mesmo do Réveillon. Todos os 200 apartamentos estão reservados até o dia 12 de fevereiro. Farid é o terceiro argentino que morre na Bahia, nos últimos 3 dias. Na quarta-feira, um casal de argentinos morreu em Itabuna, no Sul do Estado, depois que o automóvel em que viajavam caiu de uma ponte, de uma altura de 15 metros.