Alunos de cursos profissionalizantes vão aprender lições de empreendedorismo nas escolas técnicas federais a partir do ano que vem. A idéia é estimular os estudantes a criarem microempresas ou atuarem como prestadores de serviço após a formatura. Ontem, o Ministério da Educação (MEC) e o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) lançaram programa conjunto de formação de professores nesse sentido. O objetivo é treinar, até o fim do ano, 9.800 professores de 137 escolas técnicas e tecnológicas federais, mostrando como o empreendedorismo pode ser ensinado em sala de aula. Para 2001, a meta é que esses docentes levem o novo conhecimento a seus estudantes. O conteúdo não vai constituir uma nova disciplina, mas deverá permear todo o currículo dos cursos.