|
  • Bitcoin 149.300
  • Dólar 4,9058
  • Euro 5,1831
Londrina

Geral

m de leitura Atualizado em 12/04/2022, 23:56

Marta e Airton vencem em 1º turno eleição para reitoria da UEL

A Chapa 3 obteve 34,05% do total de votos válidos. Ao todo 9.939 estudantes, professores e agentes universitários participaram da votação

PUBLICAÇÃO
terça-feira, 12 de abril de 2022

Reportagem Local (com Agência UEL)
AUTOR autor do artigo

Foto: Foto: Roberto Custódio
menu flutuante

A Chapa "Mais UEL", composta por Marta Regina Favaro (reitora) e Airton Petris (vice-reitor), conquistou o maior número de votos para a reitoria da UEL (Universidade Estadual de Londrina), em eleição ocorrida nesta terça-feira (12). 

O resultado foi oficializado pela Comissão Eleitoral por volta das 22h20, na Sala dos Conselhos, logo após o encerramento da votação realizada pela primeira vez de modo virtual, por meio do Sistema SAELE. A Chapa obteve 34,05% do total de votos válidos. Ao todo 9.939 estudantes, professores e agentes universitários participaram da votação, número superior ao registrado no último pleito, em 2018. 

Favaro e Petris chegaram ao primeiro lugar na preferência da comunidade universitária com um propostas baseadas no fortalecimento da representação e da legitimidade da UEL no exercício de sua função política e também na estruturação do quadro funcional. 

Logo após a oficialização do resultado, a reitora eleita agradeceu aos eleitores e apoiadores da campanha, frisando que a vitória no 1º turno foi resultado de um trabalho coletivo. Segundo ela, o plano de gestão foi construído a várias mãos, por meio de mais de 14 grupos que fizeram um diagnóstico sobre vários temas relacionados à academia, gestão administrativa, recursos humanos e demais temas.

“Creio que nossa comunidade se identificou com esse trabalho de rede”, definiu a reitora eleita. Ela explicou que o vice-reitor eleito, professor Airton Petris, foi acometido por uma virose neste início de semana e não pôde estar presente na totalização dos votos. “Mas é como se ele estivesse acompanhando todo este trabalho”, definiu ela.

Marta Favaro e Airton Petris, eleitos para a reitora e vice Marta Favaro e Airton Petris, eleitos para a reitora e vice
Marta Favaro e Airton Petris, eleitos para a reitora e vice |  Foto: Foto: Roberto Custódio
 

Marta explicou também que deve retornar imediatamente à Pró-reitoria de Graduação (Prograd), ao mesmo tempo em que pretende iniciar a construção da nova equipe de Pró-reitores e de diretores de unidades da UEL, além de buscar uma ação política junto ao governo do Paraná, já que a nomeação dos eleitos depende da assinatura do governador Carlos Massa Ratinho Junior, a partir de uma lista elaborada e aprovada pelo Conselho Universitário. A posse da nova chapa está marcada para 10 de junho e será responsável pela gestão da Universidade no período 2022/2026.

Eleição –

Quatro chapas se inscreveram para a disputa - Chapa 1: professores Gabriel Giannattasio (CCH) e Marcelo Canteri (CCA); Chapa 2: Frederico Garcia Fernandes (CCH) e Patrícia Mendes Pereira (CCA); Chapa 3: Marta Regina Favaro (CECA) e Airton Petris (CCS) e Chapa 4: Nilson Magagnin Filho (CTU) e Laura Brandini (CCH). A votação foi realizada de forma tranquila durante toda a terça-feira, segundo avaliação da presidente da Comissão Eleitoral, professora Eliana Selicz.

Ela afirmou que a votação eletrônica colaborou para um aumento do número de eleitores. De acordo com o relatório final, 1415 professores (de um total de 1615 aptos a votar) participaram do pleito. Entre os agentes universitários, 1696 votaram nesta quarta-feira, contra 2543 votantes. Já entre os estudantes, foram 6828 votantes dentro de um universo de 17.336 eleitores.

Durante todo o dia os membros da comissão, juntamente com a equipe da Assessoria de Tecnologia da Informação (ATI), mantiveram um plantão para atendimento de eleitores. De acordo com a presidente, foram poucas as dúvidas e inconsistências registradas. A maioria dos casos relatados eram de estudantes com duas matrículas que deveriam optar pelo login mais antigo, obedecendo ao Regimento Eleitoral.