São Paulo, 25 (AE) - A vereadora Maria Helena (PL) comprometeu-se a prestar depoimento à comissão processante da Câmara Municipal na próxima quarta-feira. A informação é do presidente da comissão, Paulo Frange (PTB). Na quarta, devem ser ouvidas mais três testemunhas do processo. A parlamentar não tem comparecido às convocações da comissão.
Hoje seriam ouvidas as últimas testemunhas de defesa da vereadora, acusada de quebra de decoro parlamentar. Ela é acusada de participação em uma tentativa de estelionato contra o vereador Salim Curiati Júnior (PPB) e de reter parte dos salários dos funcionários de seu gabinete, na Câmara Municipal.
O advogado da vereadora, Laertes Torrens, não apresentou hoje as testemunhas de defesa. Ele discorda do prazo de 24 horas que foi concedido no início da semana para apresentação das pessoas. Torrens requisitou 72 horas para apresentação de outros nomes.
O presidente Frange decidiu que a comissão convocará três testemunhas para serem ouvidas na quarta. "Serão pessoas que consideramos relevantes para o processo", disse Frange. A defesa da parlamentar não poderá apresentar outros nomes.