Recife, 02 (AE) -O marchand e dono da galeria Camargo Vilaça, Marco Antônio Vilaça, de 37 anos, foi enterrado hoje pela manhã no Cemitério Parque das Flores, no Recife. Filho do ministro do Tribunal de Contas da União (TCU), Marcus Vinicius Vilaça, Marco Antônio chegou de São Paulo para passar o final de ano com a família. Morreu ontem (01), enquanto dormia, de parada cardíaca provocada por um acidente vascular cerebral. Ele era solteiro.
De acordo com familiares, Marco Antônio passou o réveillon na praia de Boa Viagem e foi dormir às 8 horas da manhã do dia 1º. Como às 18 horas ele ainda não havia levantado, foram acordá-lo e o encontraram morto, com uma veia estourada do lado direito do rosto.
Nem o pai nem a mãe de Marco Antônio foram ao seu enterro. O ministro Marcus Vilaça estava sedado e a mãe, Maria do Carmo, ainda se recupera de uma cirurgia de coração feita há três semanas, quando teve um enfarte. O ministro tem outros dois filhos, Rodrigo e Taciana, casada com o vice-governador de Pernambuco, Mendonça Filho (PFL).