Amsterdã, 10 (AE-DOW JONES) - A Royal Dutch/Shell Group of Cos. informou que obteve lucro liquido de US$ 2,24 bilhões no quarto trimestre, revertendo prejuízo de US$ 3,74 bilhões no mesmo período de 1998, graças a forte alta dos preços do petróleo e ao resultado melhor do que o esperado com cortes nos custos da empresa.
Analistas esperavam lucro de entre US$ 1,9 bilhão e US$ 2,3 bilhões. Em 1999, o lucro com base em custo corrente cresceu 38%
para US$ 7,09 bilhões. A companhia informou ainda que seu presidente, Maarten Van Den Bergh, deve deixar a empresa em 30 de junho, conforme sua própria vontade.