'Londrina vive uma hipersensibilização'


Micaela Orikasa - Grupo Folha
Micaela Orikasa - Grupo Folha

Em visita à FOLHA, o secretário de Estado da Saúde, Beto Preto, destacou que está acompanhando o cenário da dengue no Norte do Estado, especialmente porque “Londrina vive uma situação de hipersensibilização das notificações". "Em todo o Estado, há 1 caso confirmado no Paraná a cada 3 notificações, em média. Já em Londrina, a cada caso confirmado hoje, são 12 notificados. Isso quer dizer que as pessoas estão procurando os serviços de saúde”, considerou.  


Dessa forma, Preto comentou que a prefeitura municipal solicitou mais recursos. “Temos dificuldades nesse sentido, mas estamos atentos a isso. Mas além de qualquer tipo de auxílio, temos dois hospitais administrados diretamente pela Sesa (Secretaria de Estado da Saúde), que são os hospitais da Zona Norte e da Zona Sul, que poderão disponibilizar leitos a mais para atender esses pacientes. A 17ª Regional de Saúde está articulando essa possibilidade”, afirmou.  




Outro recurso apontado pelo secretário é o HU (Hospital Universitário) passar a atender os casos de maior gravidade de dengue. “Outros hospitais da rede estão se colocando à disposição também”, completou.

Como você avalia o conteúdo que acabou ler?

Pouco satisfeito
Satisfeito
Muito satisfeito

Continue lendo


Últimas notícias