|
  • Bitcoin 149.500
  • Dólar 4,9391
  • Euro 5,2003
Londrina

Dengue

m de leitura Atualizado em 03/03/2021, 07:50

Londrina registra a primeira morte por dengue em 2021

Vítima é um homem de 70 anos, que morreu no dia 9 de fevereiro; Paraná já contabiliza sete óbitos desde agosto de 2020

PUBLICAÇÃO
terça-feira, 02 de março de 2021

Lucio Flávio Cruz - Grupo Folha
AUTOR autor do artigo

menu flutuante

Londrina registrou a primeira morte por dengue em 2021. A vítima é um homem de 70 anos, que apresentava quadro de hipertensão arterial e que contraiu a doença no município. A morte aconteceu no dia 9 de fevereiro. É o segundo óbito da doença confirmado na cidade no período epidemiológico, que começou em agosto de 2020. 

Imagem ilustrativa da imagem Londrina registra a primeira morte por dengue em 2021 Imagem ilustrativa da imagem Londrina registra a primeira morte por dengue em 2021
|  Foto: Arquivo AEN
 

De acordo com o boletim semanal divulgado nesta terça-feira (2) pela Sesa (Secretaria Estadual de Saúde), esta é a sétima morte causada pela dengue no Paraná desde agosto do ano passado. Os demais óbitos foram registrados em Foz do Iguaçu (2), Apucarana, Assaí e Cambé. 

A 17ª Regional de Saúde, que engloba Londrina e mais 20 municípios do Norte do Paraná, tem 631 casos confirmados de dengue e quatro das sete mortes registradas no Estado.

O chefe da Divisão de Vigilância em Saúde da 17ª Regional, Felipe Remondi, afirma que a situação da doença no Norte do Paraná é acompanhada com preocupação porque alguns municípios apresentam um crescimento sustentável do número de casos semana após semana, além da região concentrar 60% dos óbitos registrados no Paraná.

"O que mais preocupa é que ainda não entramos no momento mais delicado e mais crítico da doença, que normalmente vai do final de março até o final de abril. A situação é muito preocupante", ressaltou. 

Para reverter o quadro, a 17ª Regional tem feito visitas técnicas e acompanhamentos constantes em todas cidades com altos índices de infestação, além da elaboração de planos de contingência para diminuir o cenário de transmissão sustentada. "Temos intensificado os trabalhos de campo e buscando as melhores estratégias para o combate ao mosquito. Em Assaí, que já teve um óbito, iniciamos a aplicação do carro fumacê", revelou Remondi. 

Londrina tem 5.448 notificações e 413 casos confirmados. O município já descartou 2.181 suspeitas e tem 1.641 casos em investigação.

No boletim semanal divulgado pela Sesa, o número de  novos casos de dengue no atual período epidemiológico, que se estende até o final de julho, é de 295. O total de confirmações no Estado é 3.424. O informe desta semana apresenta 16 municípios com dengue com sinais de alarme e sete municípios com casos de dengue grave.

O Paraná soma 33.484 notificações para a dengue em 346 municípios. O Estado tem ainda 8.349 casos em investigação.