Londres, 29 (AE-DOW JONES) - A Bolsa de Londres fechou hoje (29) com o índice FT-100 em alta de 133,0 pontos (2,18%), em 6.232,6 pontos. Segundo operadores ouvidos pela Dow Jones, a alta foi liderada pelas ações dos bancos. O volume ficou em 1,76 bilhão de ações negociadas. Uma influência positiva foi o mercado de Nova York, que fechou em alta ontem e manteve a tendência na abertura hoje. Os destaques entres os bancos foram Abbey National (+10,23%), Royal bank of Scotland (+9,61%), Alliance & Leicester (+9,56%) e Lloyds TSB (+8,06%).
Na Bolsa de Paris, o índice CAC-40 avançou 88,23 pontos (1 45%), para fechar em 6.190,96 pontos. O mercado francês foi impulsionado pela alta em Nova Yor. O destaque do pregão foram as ações da empresa de serviços de informática e consultoria Cap Gemini. Elas subiram 12%, em reação ao anúncio da compra de uma unidade da Ernst & Young, por US$ 11 bilhões; segundo analistas, isso vai fortalecer a posição da Cap Gemini no mercado norte-americano. Outro destaque foi Carrefour (+5%), em reação ao anúncio de uma aliança com a Sears & Roebuck, dos EUA, para um sistema unificado de comércio eletrônico. As ações da Thomson Multimedia subiram 9,4% e as da France Telecom avançaram 2%; as duas empresas devem divulgar resultados nesta quarta-feira.
Na Bolsa de Frankfurt, o índice Xetra-DAX fechou em alta de 57,42 pontos (0,76%), en 7.644,55 pontos. A alta foi liderada pelas ações da DaimlerChrysler, que subiram 3,9% em reação aos resultados da empresa em 1999. As da Adidas-Salomon, que divulga resultados na quinta-feira, subiram 3,8%. As da ThyssenKrupp fecharam em alta de 3,5%, em reação a informes de que o projeto de trem magnético Transrapid não será cancelado. As do Dresdner Bank caíram 0,2%, refletindo decepção dos investidores com os resultados da empresa.