Brasília, 23 (AE) - O comissário de Comércio Exterior da União Européia, Pascal Lamy, está reunido neste momento com o ministro das Comunicações, Pimenta da Veiga, para tentar convencer o governo brasileiro a aderir à tecnologia européia para a faixa de frequência da Banda C. A Agência Nacional de Telecomunicações terá que definir a faixa de frequência até o final de abril. Hoje, durante café da manhã com a imprensa, Lamy disse que a tecnologia européia é tecnicamente melhor do que a americana. "É só observar como ela funciona no mundo todo, sem contar que foi escolhida pela UIT (União Internacional de Telecomunicações) para ser o padrão internacional", afirmou.
Na opinião do comissário da União Européia, se o Brasil escolher a tecnologia européia ele terá acesso a tecnologia de terceira geração. "Os europeus não são como os americanos que vêem a Brasil com uma delegação de 100 pessoas para puxar o País pelo braço. Vêem com uma idéia simples para os consumidores e essa deve ser uma decisão técnica e não política", afirmou Lamy
que ainda hoje segue para Carajás, no Pará.