Tashkent, Usbequistão, 09 (AE-AP) A ex-república soviética do Usbequistão, na ásia Central realizou sua segunda eleição presidencial desde a independência hoje (09), tendo o presidente comunista Islam Karimov como favorito.
Quase 7.800 mesas eleitorais foram habilitadas para receber os votos de 12,7 milhões de eleitores habilitados. As mesas abriram às 6 horas (locais) e fecharam às 20 horas (locais). Os primeiros resultados serão anunciados amanhã à tarde. Até às 16 horas (locais) o comparecimento havia sido de 82%. Karimov, candidato do Partido Fidokorlar, é um comunista que foi eleito presidente do Usbequistão independente poucos dias depois da desintegração da União Soviética, em 1991.
"Não importa quem será eleito, estou seguro de que não nos afastaremos do caminho que o país está seguindo", disse Karimov, depois de depositar seu voto.
O eleitorado aprovou em um referendo de 1995 prolongar o primeiro mandato de Karimov até 2000. Conforme a Constituição do país, o presidente somente pode governar por dois mandatos consecutivos.
O único adversário de Karimov, Abdulkhafiz Dzhalalov, também um antigo funcionário do Partido Comunista, é líder do Partido Popular Democrático e diretor do Instituto da Filosofia e Letras.