Justiça determina retorno de PM preso com maconha a Londrina


Rafael Machado - Grupo Folha
Rafael Machado - Grupo Folha

A juíza da Vara Criminal de Cambé, Jéssica Valeria Catabriga Guarnier, determinou nesta terça-feira (26) que o policial rodoviário estadual preso com 35 kg de maconha não fique mais preso no Batalhão da Polícia Militar de Piraquara (Região Metropolitana de Curitiba). Segundo a decisão, ele ficará em algum destacamento da corporação na região de Londrina. Ele foi transferido depois de receber alta do HU, onde estava internado porque quebrou o pé direito e a bacia durante uma fuga. 


O PRE de 29 anos transportava o entorpecente e foi abordado por equipes do serviço reservado em uma estrada que liga Cambé a Rolândia. Ele escapou e correu para o meio do matagal, mas caiu de um barranco de aproximadamente quatro metros de altura. 




A advogada Iris Soraia Inêz ficou sabendo da transferência para a capital paranaense por um dos policiais que fazia a escolta. O retorno para o Norte do Estado foi decidida após manifestação favorável do promotor Edmarcio Real, do Ministério Público de Cambé. O delegado responsável pelo caso, Paulo Henrique Costa, ainda não interrogou o suspeito no inquérito instaurado. 

Como você avalia o conteúdo que acabou ler?

Pouco satisfeito
Satisfeito
Muito satisfeito

Últimas notícias

Continue lendo