Natal, 09 (AE) - Os juízes federais do Rio Grande do Norte ameaçam aderir à greve nacional da magistratura, marcada para o dia 28. O delegado da Associação Nacional de Juízes Federais no Estado, Walter Nunes Júnior, disse hoje, em Natal, que as grandes reivindicações da categoria são aumento salarial e de pressão em relação à reforma do Judiciário, que tramita no Congresso. "Vários colegas estão deixando a função de magistrado e entrando em outras carreiras jurídicas mais compensadoras", observou. No Rio Grande do Norte, trabalham seis juízes federais titulares e dois substitutos. "Toda a categoria está engajada, pois não podemos permitir que a magistratura seja tratada com tanto descaso pelos poderes constituídos", reforçou Nunes Júnior.