A sucessão para os cargos de direção no Tribunal de Alçada (TA) também já está rendendo as primeiras articulações. A vaga do atual presidente, Celso Rotoli de Macedo, já tem pretendentes declarados: o atual vice-presidente, Onésimo Mendonça de Anunciação, e o juiz Luiz Gonzaga Milani de Moura, já anunciaram as suas candidaturas.Essa situação ainda pode ser alterada, uma vez que novos nomes podem ser propostos até o dia da eleição. Segundo a assessoria do TA essa data ainda não foi definida, devendo ser agendada para a primeira quinzena de dezembro.
Os candidatos que concorrem à vice-presidência são Denise Arruda, Waldemir Luiz da Rocha e Cleiton Camargo. Os candidatos disputam os votos de todos os 50 juízes que compõem o TA.
Sistema - Para ser eleito é necessário que o candidato alcance a maioria absoluta dos votos, ou seja 26 dos 50 votos válidos. Caso esse desempenho não seja atingido, os dois nomes mais votados participam de uma segunda eleição, em que o critério válido é o de maioria simples, ou seja: o mais votado fica com o cargo.
Em caso de empate o candidato mais antigo é considerado o vencedor da disputa.