João Carlos Martins nega conta conjunta com Pitta11/Mar, 17:33 São Paulo, 11 (AE)- O pianista João Carlos Martins confirmou ter enviado US$ 5 mil para o filho do prefeito Celso Pitta, Victor, em Nova York, fato que foi divulgado ontem pela primeira-dama Nicéa Pitta. Martins, no entanto, negou que o dinheiro seria proveniente de uma conta conjunta com Pitta no exterior. Segundo Nicéa, Victor teria descoberto por meio de documentos que o valor havia sido mandado pelo banco Espírito Santo, em operação que passou por Portugal e Miami antes de chegar a Nova York. Por meio de uma nota de seu advogado, Cid Vieira de Souza Filho, Martins diz que entregará esta semana aos promotores do Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (Gaeco) cópia de sua declaração do Imposto de Renda. Em anexo, afirmou que colocará número e extrato de sua conta corrente no banco Espírito Santo, no qual aparece como único titular. Souza Filho diz que a divulgação não preocupa seu cliente, "face à transparência do fato".