Berlim, 06 (AE-AP) - Israel iniciou contatos secretos com funcionários iraquianos na Europa a fim de manter pressão sobre o Irã e a Síria, informou hoje (06) o semanário alemão Der Spiegel.
Segundo a revista, o primeiro-ministro israelense, Ehud Barak, decidiu autorizar os contatos em reunião com o presidente americano, Bill Clinton, em 15 de dezembro, em Washington. De acordo com a Spiegel, Barak procura aproximar-se de Saddam Hussein por ser o líder iraquiano um velho inimigo do Irã, cujo regime fundamentalista preocupa Israel.
Quanto à Síria, também inimiga do Iraque, Barak espera pressioná- la, com os contatos com o Iraque, para obter mais concessões nas negociações de paz. Israel não quis comentar a notícia.