Brasília, 10 (AE) - A advogada Maria Stella Gregori foi nomeada diretora da recém-criada Agência Nacional de Saúde Suplementar, criada para regulamentar e fiscalizar os planos de saúde. A agência terá direção colegiada, formada por cinco pessoas. Irmã do secretário Nacional dos Direitos Humanos, José Gregori, Maria Stella, de 41 anos, vai representar os direitos do consumidor na agência.
Maria Stella trabalhou cinco anos no Programa de Defesa do Consumidor (Procon) de São Paulo, no cargo de assistente de direção. Ela ajudou o governo federal a elaborar toda a legislação sobre a regulamentação dos planos de saúde. Professora de Direito do Consumidor na Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC), Maria Stella foi convidada para integrar a direção da agência em dezembro e assumiu o cargo na semana passada.
A Agência Nacional de Saúde Suplementar é uma autarquia federal ligada ao Ministério da Saúde e tem a mesma função das agências reguladoras das áreas de energia (Aneel) e telefonia (Anatel). O diretor-presidente é Januário Montoni, que respondia pela diretoria de Administração e Finanças da Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Ele participou ativamente das negociações no Congresso para aprovação da lei que regulamentou o mercado de planos de saúde.