Viena, 12 (AE-AP) - O Iraque concederá vistos na próxima semana a inspetores da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA), permitindo a eles que entrem no país para uma checagem regular com o objetivo de saber se o material nuclear está sendo empregado na construção de armas, informou um porta-voz da AIEA nesta quarta-feira (12).
O porta-voz, David Kyd, informou que os inspetores não fazem parte do regime de supervisão imposto pela Organização das Nações Unidas (ONU) ao Iraque após a invasão do Kuwait em 1990, mas são parte da rotina à qual todos os signatários do tratado de não-proliferação de armas nucleares estão sujeitos. O Iraque assinou o documento em 1968.