Inflação carrioca fecha fevereiro em 0,03%3/Mar, 15:53 Por Gustavo Alves Rio, 03 (AE) - A inflação no Rio de Janeiro ficou em 0 03% em fevereiro, informou hoje a Fundação Getúlio Vargas (FGV-RJ). Foi a menor variação registrada pelo Índice de Preços ao Consumidor do Rio de Janeiro (IPC-RJ) desde novembro de 1998 passado - antes do início do ataque especulativo que provocou a desvalorização do real - quando houve deflação de 0,24%. As causas do índice próximo de zero foram as quedas de preço de 0,49% dos alimentos e de 1,27% dos artigos de vestuário. A inflação acumulada nos dois primeiros meses do ano, no Rio, chegou a 0,75%. O chefe do Centro de Estudos de Preços da FGV-RJ, Paulo Sidney Melo Cota, afirmou que neste mês o IPC-RJ deve ficar entre zero e 0,20%. A alta do preço dos combustíveis deverá ser a maior pressão no índice, contribuindo com 0,19% da variação total. "Outros aumentos não estão programados e o preço dos alimentos continua em queda", lembrou Melo Cota. O impacto do reajuste dos combustíveis será maior no atacado. Melo Cota estimou que a alta signifique 0,38% na composição do Índice de Preços do Atacado (IPA), indicador de maior peso no cálculo dos Índices Gerais de Preço (IGP) medidos pela Fundação. No entanto, os outros preços acompanhados no IPA também estão caindo, afirmou o economista da FGV-RJ.