|
  • Bitcoin 121.113
  • Dólar 5,0855
  • Euro 5,2421
Londrina

GERAL

m de leitura Atualizado em 11/07/2022, 15:14

Incêndio atinge imóveis comerciais na região da rua 25 de Março

Dois bombeiros sofreram queimaduras de segundo grau e foram atendidos no pronto-socorro do Tatuapé

PUBLICAÇÃO
segunda-feira, 11 de julho de 2022

Cristina Camargo e Matheus Moreira - Folhapress
AUTOR autor do artigo

menu flutuante

São Paulo - Dezenas de bombeiros combatem um incêndio de grandes proporções desde as 21h deste domingo (10) em prédios comerciais na rua Barão de Duprat, na região da rua 25 de Março - centro popular e comercial da capital paulista. 

Desde a madrugada a fumaça preta provocada pelo incêndio é vista a quilômetros de distância Desde a madrugada a fumaça preta provocada pelo incêndio é vista a quilômetros de distância
Desde a madrugada a fumaça preta provocada pelo incêndio é vista a quilômetros de distância |  Foto: Isaac Fontana/CJPRess/Folhapress Desde a madrugada a fumaça preta provocada pelo incêndio é vista a quilômetros de distância
 

 No início da ocorrência, trinta viaturas foram deslocadas para apagar as chamas. Dois bombeiros sofreram queimaduras de segundo grau e foram atendidos no pronto-socorro do Tatuapé. 

 O fogo já destruiu uma loja e consome os dez andares de um prédio. Desde a madrugada a fumaça preta provocada pelo incêndio é vista a quilômetros de distância e chama a atenção de moradores da região central e até da avenida Paulista. Várias pessoas publicaram vídeos, fotos e relatos nas redes sociais. 

 No início da manhã as chamas ainda persistiam e, segundo os bombeiros, havia o risco de o fogo espalhar para outros imóveis - quatro deles foram atingidos. 

 O porta-voz dos bombeiros, André Elias, afirma que ainda não é possível dizer em que andar o incêndio começou. "Trabalhamos com a hipótese de que foi nos andares inferiores, mas todos os andares foram atingidos." 

 Elias afirma que houve desabamento da estrutura da loja Matsumoto, que fica na rua Barão de Duprat, e do teto da Paróquia Ortodoxa Antioquina da Anunciação a Nossa Senhora. O risco de desabamento dos outros prédios atingidos pelas chamas foi descartado pelos bombeiros. 

 Ainda de acordo com a corporação, o fogo está controlado e os bombeiros devem trabalhar durante todo o dia para apagar as chamas - ao todo são 31 viaturas e 99 homens no local. "Não há mais risco de propagação do fogo para outros edifícios ou lojas", diz. 

 De acordo com os bombeiros, o prédio não tinha AVCB (Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros). A prefeitura informou que a edificação é de 1948, portanto tem 74 anos. No térreo funcionavam lojas e nos demais andares escritórios. 

Receba nossas notícias direto no seu celular! Envie também suas fotos para a seção 'A cidade fala'. Adicione o WhatsApp da FOLHA por meio do número (43) 99869-0068 ou pelo link wa.me/message/6WMTNSJARGMLL1