MANIFESTAÇÃO Igreja faz passeata contra Miranda Leal Novos líderes esperam reunir três mil fiéis para repudiar qualquer tentativa de volta do fundador da Só o Senhor é Deus Arquivo FolhaALTERAÇÕESO ex-missionário Miranda Leal promoveu mudanças no estatuto da igreja para garantir-lhe vitaliciedade no cargo Marta Medeiros De Maringá Os novos líderes da Igreja Só o Senhor é Deus esperam reunir no próximo domingo, em Maringá, cerca de 3 mil pessoas para uma passeata e manifestação com o objetivo de mostrar a ‘‘nova conduta’’ da congregação. A diretoria recebeu o apoio oficial de igrejas evangélicas que repudiavam em cultos a atitude do ex-missionário e fundador Alécio Miranda Leal em anunciar o arrebatamento (volta de Cristo). A passeata vai sair da frente do templo matriz em forma de arca e caminhar pelas avenidas São Paulo e Brasil até chegar na Praça Raposo Tavares, no centro de Maringá. Segundo o novo presidente mundial, Darcy Rui Amorim, os fiéis devem manifestar o ‘‘repúdio’’ a qualquer tentativa de volta de Miranda Leal. A Só o Senhor é Deus pretende ainda derrubar o estatuto que prevê a vitaliciedade de Miranda Leal, durante a Convenção Mundial da Igreja, que será realizada de 21 a 23 de abril, em Maringá. Todos os pastores, titulares e assistentes, e membros têm direito a voto. O primeiro estatuto da igreja foi elaborado em 1974, ano da fundação. Em 1996, parte dele foi revisto pelo próprio Miranda Leal com objetivo de lhe atribuir ‘‘poderes plenos’’ na administração da Só o Senhor é Deus. As igrejas que apóiam oficialmente a nova liderança são a Assembléia de Deus, a Presbiteriana e a Batista Renovada. Nas cartas encaminhadas para a Só o Senhor é Deus, as igrejas destacam a ‘‘transparência’’ dos diretores no trabalho de resgate à credibilidade. A nova liderança quer também o apoio de outras igrejas evangélicas tanto da linha tradicional como pentecostal. O objetivo é reunir o maior número de pessoas durante a manifestação, além dos próprios membros e fiéis da Só o Senhor é Deus. Amorim avalia que o congresso será a primeira oportunidade real que a igreja terá para saber o apoio que o ex-missionário realmente tem entre os membros e a força da nova diretoria. O evento da Só o Senhor é Deus, considerado tradicional entre os fiéis e realizado todos os anos no mês de abril, em Maringá, sempre manteve um público em torno de 10 mil pessoas. O congresso será no Parque de Exposições.