Huntsville, 01 (AE-AP) - Um homem que estuprou, espancou e esfaqueou uma mulher foi executado com uma injeção letal na noite desta quarta-feira (01), apesar dos apelos de advogados franceses para que sua vida fosse poupada.
Na maca da câmara de morte, Odell Barnes disse a familiares, amigos e advogados que os amava. "Agradeço a vocês por provarem minha inocência, apesar de isto não ter sido reconhecido pelos tribunais", disse Barnes.
"Vocês devem continuar lutando e devem mudar tudo o que foi feito aqui, hoje e no passado", afirmou Barnes, de 31 anos, insistindo ser inocente das acusações de estupro, espancamento e assassinato de Helen Bass, de 42 anos, na casa dela.
O crime, cometido em 29 de novembro de 1989, ocorreu três semanas depois de Barnes conseguir liberdade condicional após uma condenação de 10 anos de reclusão por roubo.