Assine e navegue sem anúncios [+]

Governo reduz restrições e libera eventos para até 500 pessoas; cinemas de Londrina preparam retorno


Vitor Struck - Grupo Folha
Vitor Struck - Grupo Folha

O Governo do Paraná publicou um novo decreto em que reduz as restrições de circulação de pessoas em espaços e vias públicas, permite o funcionamento dos shoppings em horário estendido e libera o funcionamento dos cinemas. De acordo com o governador Ratinho Júnior (PSD), as regras foram flexibilizadas em razão da redução dos indicadores de mortes, casos e internações causadas pela Covid-19. O novo decreto entra em vigor às 5h da manhã deste sábado (31) e tem validade até o dia 15 de agosto. 


 

Governo reduz restrições e libera eventos para até 500 pessoas; cinemas de Londrina preparam retorno
Rodrigo Félix Leal/AEN
 


Fechadas há mais de 16 meses, as salas de cinema em Londrina poderão operar com, no máximo, 50%. Conforme apurou a reportagem, os proprietários das salas de cinema deverão retomar a operação ao longo da semana. Isso porque precisarão realizar a higienização das salas, reparos nos equipamentos e a orientação dos funcionários. 


De acordo com a superintendente do Boulevard Londrina Shopping, Tania Hara, a rede de cinemas que opera no local, o Cinemark, somente deverá retomar as atividades nesta terça-feira (3). 


"Eu acredito que vamos seguir rigorosamente os protocolos de segurança e prevenção e que o grande resultado dessa abertura é por conta da vacinação. Acho que isso é reflexo da consciência da população em geral e que as pessoas vão respeitas as regras, vamos ter uma retomada da economia principalmente no último trimestre, contando com todos os cuidados", avaliou. 


 Ainda de acordo com ela, a rede Cinemark vai colocar em prática o distanciamento mínimo de 1,5 m em cada cliente já no momento da compra dos ingressos. "O sistema vai isolar as poltronas ao redor", explicou. 


Além disso, as salas deverão ser higienizadas após cada exibição, o que deverá reduzir o ritmo de exibições em comparação com antes da pandemia. 


Reunião entre o prefeito Marcelo Belinati (PP) e representantes de cinco shoppings da cidade marcou a definição das regras para o funcionamento dos cinemas durante a tarde desta sexta-feira (30). 


Proprietário do Cineflix, no Aurora Shopping, o empresário Douglas Mandrod disse estar muito animado e confiante com o retorno em Londrina, uma das 17 cidades em que possui salas de cinema. Além do Paraná, Mandrod atua em municípios de São Paulo, Mato Grosso, Rio Grande do Sul, Paraná e no Distrito Federal. 


"Já vínhamos tentando sensibilizar a Prefeitura haja vista que já temos retornado nas demais unidades. Certamente, seguiremos todos os protocolos e a expectativa é muito grande, temos muitos lançamentos, principalmente no mercado de Londrina", afirmou. 


De acordo com ele, os clientes estarão autorizados a consumirem alimentos e bebidas durante o filme. No entanto, deverão tornar a utilizar as máscaras em seguida. "Tem sido uma prática nas cidades em que já retornamos. Após o cliente consumir o produto, o cliente tem que usar a máscara. A equipe é instruída a sempre estar orientando as pessoas, e dentro das salas é feito uma verificação do cumprimento das normas”, explicou o empresário. 


O Cineflix possui sete salas de exibição com capacidade para até 800 pessoas no Aurora Shopping. "Será o máximo de 400 pessoas distribuídas em cinco salas. Destas, duas são salas Vip", mencionou.


Embora o Governo do Estado já tenha liberado o funcionamento dos cinemas neste novo decreto, a reportagem procurou a Prefeitura de Londrina na manhã deste sábado (31) e foi informada que a equipe técnica de saúde está analisando o decreto e novidades sobre o assunto deverão ser divulgadas na live deste domingo (1º) do prefeito Marcelo Belinati. 


De acordo com o Governo do Paraná, a flexibilização das regras levou em conta a queda de 39,6% na média móvel de mortes e 45,4% de novos casos em comparação aos 14 dias anteriores. Houve, também, queda nas taxas de ocupação dos leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) e enfermaria exclusivos para o tratamento da Covid-19 e redução da taxa de transmissão da doença. De acordo com a Sesa (Secretaria de Estado da Saúde), este índice caiu de 1,48 no final de junho para 0,81, o que significa dizer que há uma desaceleração da pandemia no Paraná. 


Flexibilização 

O decreto publicado pelo governador nesta sexta também reduziu em uma hora o período de restrição de circulação em espaços e vias públicas, que passa a ser das 24h às 5h, e também vale para a venda e consumo de bebidas alcoólicas em espaços públicos. 


O documento também traz um conjunto de regras para a retomadas dos eventos, que será de forma gradual e condicionada à apresentação de teste negativo ou comprovação do esquema vacinal da Covid-19. Conforme o Governo, eventos ao ar livre poderão ser realizados, desde que com 60% da capacidade original e sem ultrapassar 500 pessoas. Já em locais fechados, a taxa de ocupação cai para 40% da capacidade. 


Entretanto, seguem proibidas festas e eventos que dependam do contato físico entre os frequentadores. Eventos com duração superior a seis horas, como exposições, festivais, também seguem proibidos. 


Veja o novo decreto estadual completo:

Com avanço da vacinação e queda nos indicadores, Paraná diminui restrições


(Atualizada às 15h de 31/07)

Como você avalia o conteúdo que acabou ler?

Pouco satisfeito
Satisfeito
Muito satisfeito
Assine e navegue sem anúncios [+]

Últimas notícias

Continue lendo