Minas e Comunicação do Estado, Dilma Vana Roussef, que se reuniu com o presidente da Anatel, Renato Navarro Guerreiro. "Ficamos preocupados com a evolução dos investimentos na CRT nos últimos anos", disse a secretária. Segundo ela, desde a privatização do Sistema Telebrás, os investimentos na empresa gaúcha caíram de R$ 440 milhões em 1998 para R$ 271 milhões em 1999. "Vários prefeitos do Rio Grande do Sul vieram nos reclamar do atendimento e da qualidade dos serviços prestados pela operadora", disse Roussef. Segundo ela, não houve, por exemplo, investimentos no setor rural nos últimos anos. A secretária também questiona o prejuízo de R$ 138 milhões anunciado no último balanço da empresa, quando no mesmo período a operadora teve um lucro bruto de R$ 401 milhões. "A empresa argumentou ter despesas financeiras e com a variação cambial", explicou a secretária. "Isto é fantástico para um grupo que conta com o Banco Bilbao Viscaya por trás." Em julho passado, o governo gaúcho já havia pedido uma auditoria na CRT, que não chegou a ser realizada pela Anatel. "O presidente da agência não pode alegar mais que é cedo para fazer uma auditoria na operadora", disse a secretária. O governo do Rio Grande do Sul também é contra a solução encontrada pela agência para a administração da CRT, com a saída da Tele Brasil Sul, controlada pela Telefónica de España. A solução foi colocar a Tele Centro Sul (TCS), que opera em 9 Estados e no Distrito Federal, no comando. A TCS tem 8% das ações da CRT e por isso é a maior participante entre os sócios minoritários. O governo gaúcho tem 4% das ações ordinárias da empresa. "Não compactuamos nem sancionamos este processo", disse Roussef.Por Gustavo Paul Brasília, 7 (AE) - O governo do Rio Grande do Sul exigiu hoje que a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) faça uma auditoria imediata na qualidade dos serviços prestados pela Companhia Riograndense de Telecomunicações (CRT). "Vamos acompanhar de pertinho o processo e conferir se a qualidade dos serviços públicos está ameaçada", disse a secretária de Energia