São Paulo, 28 (AE) - O Fórum Nacional de Lutas, composto por manifestantes da Central Única dos Trabalhadores (CUT), Sindicato dos Professores e Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), entre outras entidades, reúne, neste momento, cerca de 2.500 pessoas em frente da Prefeitura de São Paulo.
Os manifestantes, que exibem faixas com frases como "Fora Pitta" e "Fora FHC", pedem desde melhores salários para os professores até ética na política.
Os responsáveis pelo policiamento no local desviaram o trânsito do viaduto da Rua Figueira e tem esquematizado um esquema alternativo para a hora do rush. Se houver necessidade, eles vão liberar mais uma faixa da rua da Prefeitura.
Segundo os policiais, o trânsito está um pouco lento, mas ainda é considerado dentro da normalidade.