Washington, 06 (AE-DOW JONES) - O ministro da Economia da Argentina, José Luis Machinea, irá reunir-se com representantes do Fundo Monetário Internacional (FMI) neste final de semana para apresentar a nova estratégia econômica do país.
No entanto, tal encontro poderá definir os procedimentos para a revisão de um acordo de empréstimo. No domingo, Machinea irá encontrar-se com o vice-diretor-gerente do FMI, Stanley Fischer.
Durante uma coletiva de imprensa, Fischer ressaltou que o encontro deste final de semana terá como objetivo principal conhecer o novo plano econômico proposto por Machinea e o novo presidente argentino, Fernando de la Rúa.
A Argentina tem a sua disposição um programa de crédito de US$ 2,8 bilhões junto ao FMI. O governo de Carlos Menem não retirou nenhuma parte desse dinheiro, preferindo deixar esse empréstimo como uma fonte de último recurso.
No entanto, o novo governo pretende executar uma nova reforma econômica e deseja ter acesso aos fundos agora de uma forma que não agite os mercados financeiros.