Brasília, 05 (AE) - O porta-voz da Presidência da República, Georges Lamazire, disse hoje, em resposta à cobrança do presidente do Congresso, senador Antonio Carlos Magalhães (PFL-BA), de uma elevação geral de salários dos setores público e privado, que o presidente Fernando Henrique Cardoso "está totalmente de acordo, desde que o Congresso indique as fontes para financiar este reajuste". Mesmo assim, no caso de haver esta indicação, segundo o porta-voz, o presidente tem objeção a um aumento linear dos salários dos servidores públicos. Segundo Lamazire, o presidente acha que, como houve aumentos difereciados dos salários desta categoria, o aumento linear não seria a forma mais justa de melhorar o salário. O porta-voz disse também que o presidente não falou sobre reajuste do salário mínimo, concentrando a resposta na questão do salário dos servidores.