Explosão causa pelo menos 80 mortes em mina na Ucrânia11/Mar, 16:10 Kiev, 11 (AE-AP) - Pelo menos 80 mineiros morreram e uma quantidade incerta está presa no subsolo de uma mina depois da incidência, neste sábado (11), de uma explosão de gás metano no leste da Ucrânia, no mais recente de uma série de desastres ocorridos nesta ex-república soviética. A explosão ocorreu na mina de Barakova - um dos maiores desastres ligados à indústria de carvão nos últimos anos - por volta das 13h locais e a uma profundidade de 664 metros, quando 297 mineiros trabalhavam no local, informou o Ministério de Situações Emergenciais. Cerca de 200 mineiros conseguiram deixar o local após a explosão, divulgou o ministério. Vitaly Ageev, funcionário do alto escalão do ministério, disse que 80 mineiros morreram e sete foram resgatados com vida e hospitalizados. A mina está localizada em Krasnodon, cerca de 850 quilômetros ao leste da capital ucraniana de Kiev. Equipes de resgate informaram que funcionários de 27 postos de emergência trabalhavam no resgate dos mineiros presos no local, mas não estava claro quantos ainda permaneciam vivos. A indústria de carvão da Ucrânia é marcada pelos frequentes acidentes fatais, às vezes causados por metano, um gás natural invisível, inodoro e altamente explosivo que se infiltra nas minas de carvão e se acumula facilmente em locais com pouca ventilação. O desastre deste sábado fez com que o primeiro-ministro Viktor Yushchenko adiasse uma visita aos Estados Unidos, marcada para ocorrer entre os dias 14 e 16 de março. O premier criou uma equipe de investigação governamental para analisar o acidente, disse seu porta-voz.