Assine e navegue sem anúncios [+]

Escolas no Paraná voltam a funcionar a partir de segunda-feira (10)

O governador Ratinho Junior anunciou nesta terça-feira (4) a volta gradual e escalonada do funcionamento das instituições de educação de ensino fundamental e médio

Simoni Saris - Grupo Folha
Simoni Saris - Grupo Folha

 

Escolas no Paraná voltam a funcionar a partir de segunda-feira (10)
Geraldo Bubniak/AEN
 



Em coletiva à imprensa realizada na manhã desta terça-feira (4), o governador do Paraná, Ratinho Junior, anunciou a volta às aulas presenciais a partir da próxima segunda-feira (10). O retorno será gradual e escalonado e acontece paralelamente ao início da vacinação dos profissionais de educação contra a Covid-19. Neste primeiro momento, cerca de 200 escolas estaduais recomeçam a receber os alunos, mas a autorização para a retomada se estende às instituições municipais e particulares que oferecem ensino fundamental e médio. Ainda não há previsão de retorno das atividades presenciais nas universidades.  


As escolas que reabrirem irão funcionar pelo modelo híbrido, com parte dos alunos em aulas presenciais e parte em atividade remota. Será feito um revezamento, semana a semana, entre os alunos que terão aulas presenciais e aqueles que irão acompanhar o conteúdo on-line, em tempo real. Os alunos com dificuldade de acesso à tecnologia serão priorizados e irão todos os dias à escola. 


Segundo Ratinho Junior, a escolha das escolas seguiu dois critérios. O primeiro foi o desejo de voltar manifestado por diretores e equipe pedagógica. O outro critério considerou as instituições inseridas em municípios ou regiões de grandes cidades nas quais os estudantes têm mais dificuldade de acesso à internet para acompanhamento das aulas virtuais. "Vamos avançar no retorno das aulas de forma gradativa, nas regiões onde o índice de infecção e transmissão da Covid-19 está abaixo da normalidade, com curva de diminuição robusta e onde está preparada a logística. A volta às aulas não se faz do dia para a noite. Não é algo simples porque tem uma estrutura a ser organizada, como o transporte escolar, merendas, medidas de distanciamento."


Ratinho Junior disse que a retomada das atividades nas instituições de ensino é um desejo do Estado, de professores, diretores, boa parte dos pais e uma forma de reduzir a "pressão psicológica na cabeça de crianças e jovens por estarem distantes da escola há um ano e meio". Ele também mencionou o aumento dos casos de agressões a crianças que ficam mais tempo dentro de casa. "A escola tem a função de monitorar a relação do aluno com o pai, por meio do Cras (Centro de Referência de Assistência Social) e conselhos tutelares."


PLANEJAMENTO


O secretário estadual de Saúde, Beto Preto, disse que o planejamento para o retorno das aulas presenciais estava pronto desde fevereiro, mas foi suspenso em razão da circulação das novas cepas do coronavírus, que fizeram explodir o número de casos de infecção e de mortes no Paraná nos últimos meses.

Os números da Covid-19 ainda preocupam o Estado, mas o governo disse ter buscado inspiração em estudos feitos em 21 países que teriam demonstrado que o ambiente escolar não é a principal fonte de transmissão da doença e destacou que cerca de cem cidades paranaenses já voltaram com as aulas nas escolas municipais. Beto Preto salientou ainda o aumento do número de leitos exclusivos para tratamento de pacientes infectados pelo novo coronavírus.


"Todas as escolas estaduais que retornarem às aulas vão seguir os protocolos de saúde, com o uso de máscara, manter o distanciamento de um metro e meio, padrão internacional, álcool gel abundante nas escolas, aferição de temperatura e autorização do pai ou responsável para que o aluno possa retomar as aulas presenciais", reforçou o secretário estadual de Educação, Renato Feder. "À medida que for dando certo, aumentamos a quantidade de escolas. Maio, junho, até chegarmos a todas as escolas."

 

O governador enfatizou ainda que os profissionais de educação acima dos 60 anos de idade já foram imunizados dentro do grupo prioritário para idosos, totalizando oito mil trabalhadores, e reforçou que na segunda-feira (3) o Estado recebeu um novo lote de vacinas para serem aplicadas em pessoas com comorbidades e profissionais da área de ensino na faixa etária dos 55 aos 59 anos. A este último grupo, serão destinadas 32 mil doses, divididas de forma equitativa e isonômica entre os municípios. Neste primeiro momento, estarão imunizados 40 mil profissionais da educação das redes pública e particular. As doses ainda estão em Curitiba e a previsão é de que comecem a ser enviadas às regionais de saúde do Estado nesta quarta-feira (5). "A cada carga chegada ao Paraná, um percentual vai ser separado para o grupo de trabalhadores em educação. Nesse primeiro momento, um percentual maior, para dar mais impacto", disse Beto Preto.


Dados do Ministério da Saúde apontam 169 mil trabalhadores da educação no Paraná, mas segundo o secretário de Saúde, no cálculo do governo federal o número está subestimado e chega a aproximadamente 250 mil quando contabilizados todos os servidores da área que deverão ser imunizados.  


Beto Preto disse que a partir do momento em que os estudantes voltarem para as aulas presenciais, será feito um acompanhamento diário dos números da Covid, em relação à evolução do índice de transmissibilidade da doença e taxa de ocupação dos leitos hospitalares.


Ainda nesta terça-feira, o governo do Estado deverá emitir uma nota técnica detalhando o projeto de retorno das escolas. No documento deve constar também a lista das escolas que deverão ser reabertas. "As escolas selecionadas para a primeira fase do retorno já estão cientes e os pais estão sendo avisados. Aproximadamente 10% da rede irão retornar na segunda-feira, mais ou menos 200 escolas", disse Feder. 


Receba nossas notícias direto no seu celular! Envie também suas fotos para a seção 'A cidade fala'. Adicione o WhatsApp da FOLHA por meio do número (43) 99869-0068 ou pelo link wa.me/message/6WMTNSJARGMLL1

Como você avalia o conteúdo que acabou ler?

Pouco satisfeito
Satisfeito
Muito satisfeito
Assine e navegue sem anúncios [+]

Últimas notícias

Assine e navegue sem anúncios [+]

Continue lendo