Equipes aproveitam bom tempo para enviar ajuda a vítimas de enchentes11/Mar, 14:57 Maputo, 11 (AE) - Após vários dias de chuvas torrenciais, as agências humanitárias tentavam aproveitar o dia ensolarado neste sábado (11), enviando helicópteros, botes e caminhões para enviar ajuda a centenas de milhares de vítimas de inundações devastadoras. No sul de Moçambique, começaram a ser utilizadas estradas até pouco tempo intransitáveis. Até o momento, grande parte da ajuda foi transportada por helicópteros, mas os aparatos enviados por militares de diversas nações ocidentais e da áfrica do Sul não têm muita capacidade de carga e devem efetuar um grande número de vôos. Neste sábado, começou a funcionar na região de Chaquelene, a cerca de 180 quilômetros da capital moçambicana, Maputo, um hospital de campanha comandado por um contingente espanhol para prestar socorro às vítimas das enchentes. Estima-se que milhares de pessoas tenham morrido por causa das inundações causadas pelas fortes chuvas que têm atingido esse país africano. Há dezenas de milhares de desabrigados. Em Brasília, um avião da Força Aérea Brasileira deixou hoje o país rumo a Moçambique com 10 toneladas de medicamentos. As doações foram feitas por empresas privadas e pelo Ministério da Saúde.