Washington, 03 (AE-DOW JONES) - O plano do Equador de dolarizar a economia não irá acelerar o fechamento de um acordo com o Fundo Monetário Internacional (FMI), afirmou o diretor-geral do Fundo, Michel Camdessus.
Segundo ele, dado o atual cenário, medidas fiscais e montárias para fortalecer a precária economia do Equador são muito mais importantes no momento.
"A dolarização não é adequada para as atuais condições do Equador", disse Camdessus, acrescentando que há outras medidas mais importantes, como o fortalecimento do setor bancário do país. Camdessus disse ainda que o FMI não propôs ao Equador dolarizar sua economia.