São Paulo, 02 (AE) - O ministro da Justiça, José Carlos Dias, afirmou hoje que não irá percorrer supermercados atrás do cumprimento da medida do Superior Tribunal de Justiça (STJ), que obriga o uso de etiquetas nos produtos apresentados nas gôndolas.
"Percorrer supermercados não é o meu forte, não tenho esta vocação; o ex-ministro Renan Calheiros gostava de fazer isso, mas eu não gosto", avaliou o ministro.
Essa foi a resposta de Dias à ameaça feita ontem (01) por Calheiros de denunciar a omissão do Ministério da Justiça na fiscalização dos supermercados. O ministro esteve hoje em encontro com o presidente da Assembléia Legislativa de São Paulo
Wanderlei Macris (PSDB), e os líderes dos principais partidos da Casa.