Madri, 03 (AE-AP) - Pelo menos 161 pessoas ficaram feridas no desmoronamento do primeiro piso de uma loja de móveis repleta de compradores que aproveitavam uma promoção na cidade espanhola de Sevilha, informou hoje (03) o corpo de bombeiros local.
As equipes de socorro informaram que o piso, de 10 metros quadrados, cedeu e caiu quatro metros até o sótão, quando cerca de 400 pessoas se espremiam próximas à caixa registradora para comprar, principalmente, um tipo de poltrona, que teve o seu preço reduzido de 39.000 para 3.000 pesetas.
Outras centenas de compradores se encontravam em outros locais do edifício, mas saíram ilesos do desmoronamento da loja de móveis, situada no subúrbio sevilhano de Dos Hermanas.
Segundo o porta-voz do Ministério do Interior em Sevilha, Zacarías Cotan, pelo menos cinco pessoas ficaram gravemente feridas, enquanto que 138 foram atendidas em hospitais com contusões diversas e trauma. O restante das vítimas foi tratado no local do acidente. Não houve mortes.
"Escutamos dois ruídos muito fortes e, depois, o chão desapareceu", disse um homem que sofreu ferimentos.
A Cruz Vermelha, os bombeiros e o serviço de ambulância correram ao local quando os clientes já haviam começado a sair do edifício, levando os feridos em macas improvisadas e carrinhos de compra.
As autoridades estão investigando se a construção reunia condições legais de funcionamento.