São Paulo, 01 (AE) - O congestionamento esperado por quem deixou a capital no último dia do ano não aconteceu, mas o retorno pode ser conturbado. No último dia do ano, não houve grandes congestionamentos e, segundo a Ecovias, a descida para o litoral, pelo sistema Anchieta-Imigrantes, levou em média uma hora a partir do meio-dia de hoje. Mas o Departamento de Estradas e Rodagens (DER) e as policias rodoviárias estadual e federal recomendam que o motorista antecipe seu retorno para o início da manhã. É esperado um intenso tráfego de veículos a partir das 14h nas estradas que dão acesso à cidade.
Até as 15 horas, 328 mil veículos já haviam descido pelo Sistema Imigrantes-Anchieta, que, a partir desse horário passou a registrar maior movimentação na subida, com 4700 veiculos por hora -próximo ao limite de 4800. Essa antecipação ocorre devido às chuvas no litoral e a Ecovias prevê problemas para este domingo.
A subida será feita pelas três faixas da Imigrantes e a descida por duas faixas da Anchieta, mas o sistema pode ser alterado caso haja congestionamentos.
Nas estradas Mogi-bertioga e Tamoios, muito utilizadas pelos motoristas que temiam problemas no complexo Anchieta-Imigrantes, a movimentação foi tranquila. A operação subida começa a partir das 14 horas na Mogi, e a partir das 15 na Tamoios. Nesse horário, não será permitida a entrada de caminhões.
Nos sistemas Anhanguera-Bandeirantes, Castelo Branco-Raposo Tavares e nas rodovias Fernão Dias e Presidente Dutra, o movimento foi considerado intenso, mas sem pontos de congestionamentos. Não foi montado esquema especial para o retorno e a recomendação é de que o motorista volte pela manhã.