São Paulo, 06 (AE) - A Defesa Civil do Estado de São Paulo e o Fundo de Social do Palácio dos Bandeirantes montaram quatro postos para recebimento de doações para atender as vítimas das enchentes do Vale do Paraíba. Nas estações República
São Bento e Sé, do Metrô, existem caixas para o recolhimento de alimentos não perecíveis, roupas de cama e banho, cobertores, colchões e materiais de limpeza fechados. O Fundo Social do Palácio dos Bandeirantes não aceita doações em dinheiro e pede para que as pessoas que desejassem fazê-lo comprem alimentos ou roupas e doem às vítimas.
As grandes quantidades de doações devem ser entregues no Depósito da Defesa Civil do Estado na Rua São Tito, 11, Armazém 11, na Vila Anastácio, das 9 às 17 horas, inclusive aos sábados e domingos. Os telefones do depósito são 260-5743 ou 260-5062. Quem desejar fazer doações em grandes quantidades pode ligar para o Fundo Social do Palácio dos Bandeirantes: 3874-6766.
O governo do Estado de São Paulo, por meio da Defesa Civil Estadual já enviou para as vítimas do Vale do Paraíba 15 toneladas de alimentos não perecíveis, 435 cobertores, 635 colchões, 400 lençóis, 400 fronhas, rolos de lona plástica com 2.400 metros quadrados e 121 pares de botas PVC. Contribuições em dinheiro para as vítimas de Campo de Jordão podem ser feitas em nome do Fundo Social da prefeitura daquela cidade em contas correntes do Banespa e Nossa Caixa Nosso Banco.
LBV - A Legião da Boa Vontade (LBV) enviou hoje para Cruzeiro um caminhão transportando sete toneladas de alimentos. De Taubaté, sairam quatro kombis carregadas de alimentos e roupas. Também vão ser distribuidos 700 litros de água mineral e 200 litros de leite às vítimas. Para atender às doações, a direção da LBV criou o SOS Desabrigado. Também acionou os centros comunitários da entidade nessas cidades ou de regiões próximas para o recolhimento de alimentos, roupas, calçados e remédios que serão enviados para a sede em São Paulo para posterior distribuição aos desabrigados.