São Paulo, 23 (AE) - A licitação de privatização da área Sul de distribuição de gás natural de São Paulo, foi modificada por causa da realização da missa dos 500 anos do Brasil no próximo dia 26 de abril, quando seria realizada a licitação. A informação é do presidente da Comissão de Serviços Públicos de Energia do Estado, Zevi Kahn, ao salientar que no próximo dia 5, provavelmente se marcará a nova data, que poderá ser ainda no final de abril.
Amanhã até às 16 horas, os consórcios interessados devem apresentar sua fiança para se habilitarem a entregar as propostas técnica e financeira na segunda-feira, dia 27. Cada empresa que se apresentar para a fiança, deve deixar R$ 950 mil. O interesse na licitação é grande, segundo analistas de energia, que apontaram grandes companhias como interessadas.
Entre elas estão a Total francesa, Gas Natural espanhola
Agip italiana, British Gas inglesa, Enron americana, BR Distribuidora nacional, Pan American Energy americana, e outras. No caso da Agip e British Gas só podem ser minoritárias, pois já controlam respectivamente as áreas de distribuição 2 e 1, respectivamente de São Paulo. A BR Distribuidora também só pode ser minoritária, pois é uma estatal federal, como explica o edital.
O edital de licitação também exemplifica que o operador deve ter no mínimo 20% do controle da nova empresa. Na segunda-feira, haverá uma sessão pública para a apresentação das propostas técnicas e financeiras.