Covas discute com militantes contrários a barragens no Rio Ribeira11/Mar, 17:49 Por José Maria Tomazela Registro, 11 (AE)- O governador Mário Covas enfrentou protestos de manifestantes e quase se atracou com militantes do movimento contra a construção de barragens no Rio Ribeira de Iguape, durante o encerramento do Fórum de Desenvolvimento do Vale do Ribeira ontem no final da tarde, no município de Registro. O grupo de 50 manifestantes, entre eles representantes de 21 comunidades quilombolas, estava na frente do recinto onde se realizava o fórum esperando o governador. Eles reclamavam de ter não tido acesso ao evento. Na chegada, Covas não deu atenção aos manifestantes e entrou para fazer o encerramento do fórum. À saida, um grupo mais exaltado engrossado por integrantes da Central Única dos Trabalhadores (CUT) cercou o governador, exigindo uma explicação para o fato de não ter podido participar das discussões. Covas disse que sempre defendeu o direito de expressão mesmo se tratando de uma minoria. Os manifestantes ficaram exaltados e avançaram contra Covas, que foi protegido pela Polícia Militar. De dedo em riste, o governador também xingou os manifestantes. O veículo de Covas saiu escoltado do recinto sob vaias.