Brasília, 8 (AE) - O presidente da Comissão de Ética do Senado, Ramez Tebet (PMDB-MS) deverá anunciar hoje a devolução à Mesa do Senado, da representação feita por partidos de oposição, contra o senador Luiz Estevão (PMDB-DF). O senador está sendo acusado de envolvimento no desvio de recursos da obra do Fórum Trabalhista de São Paulo.
Hoje, ao chegar ao seu gabonete, o presidente do Senado, Antônio Carlos Magalhães, voltou a cobrar uma decisão do presidente da Comissão de Ética para que os membros da comissão possam manifestar-se sobre ela. ACM disse ainda que se o processo vier à Mesa do Senado, "a Mesa decide, pois não tem medo de decidir". Ramez Tebet deverá devolver o processo sobre o argumento de que são necessárias correções na tramitação para que ele seja analisado após o dia 15, quando recomeçam os trabalhos do Legislativo. O senador entende que se for tomada alguma decisão na convocação extraordinária há risco de anulação desses atos, pois o tema não está na pauta de convocação.