Berlim, 03 (AE-AP)- No ano em que começam as eliminatórias para o Mundial de 2002, os clubes europeus decidiram jogar duro com as federações, que vão requisitar jogadores para as seleções nacionais. Falando em nome do G-14 - a entidade que reúne os 14 principais clubes da Europa - a diretoria do Bayern de Munique vai exigir uma compensação financeira para cada vez que tiver um jogador convocado para uma seleção.
Em um pedido formal a ser encaminhado à Uefa e à Fifa, o grupo quer parte da arrecadação das partidas em que esses jogadores atuarem. Além do dinheiro, os clubes querem impor novas restrições à saída de atletas para as suas respectivas as seleções. A seleção brasileira tem vários jogadores que atuam em clubes que integram o G-14, como Rivaldo (Barcelona), Roberto Carlos (Real Madri) ou Ronaldinho (Inter de Milão).